O impacto do RGPD nos processos de negócio

Segundo um estudo da Check Point Software, em parceria com a empresa de estudos de mercado One Poll, a implementação do RGPD tem trazido um impacto bastante positivo nos processos de negócio europeus.

  • 75% das organizações indicam que o RGPD teve um impacto positivo na confiança do consumidor e 73% asseguram que melhoraram a segurança dos seus dados.
  • 60% dos inquiridos refere que as suas organizações já adotaram todas as medidas de RGPD e 4% encontram-se ainda no início do processo de conformidade.
  • 65% das empresas acreditam que têm uma abordagem estratégica e orgânica de cibersegurança ( esta abordagem estratégica define-se num todo, onde as medidas são aplicadas de baixo para cima e isto está a ser usado para atingir as obrigações do RGPD).
  • 55% dos inquiridos afirmam ter criado grupos de trabalho específicos para o RGPD, enquanto que 41% contratou consultores de RGPD.

De uma perspetiva de TI, os passos mais regulares a serem feitos para estarem de acordo com os requisitos do RGPD são:

  • Adoção standard de medidas de segurança (44%)
  • Promoção de ações de formação para empregados, no intuito de aumentar o conhecimento dos riscos de segurança de dados (41%)
  • Implementação de um sistema de controlo de acessos e de encriptação (41%)

Ao nível de resultados de longo prazo espera-se que os benefícios do RGPD sejam:

  • Apoiar as organizações a demonstrar o seu foco nos dados dos clientes e criar aumento da lealdade (45%)
  • Tornar as operações mais eficientes, essencialmente no que toca à cibersegurança (44%)
  • Fornecer uma visão mais compreensiva na informação processada pela empresa (40%)

Ainda não implementou o RGPD na sua empresa ou não tem a certeza que está a ser feito da melhor forma?

Peça ajuda especializada e não corra riscos. Garanta que está em cumprimento com a lei.